O treinador do Vitória de Guimarães afirmou que ideia para este jogo na Madeira «era entrar forte no jogo, para desestabilizar o adversário».

«Contudo, sofremos um golo logo aos três minutos que nos condicionou e a equipa esteve passiva.

Na segunda parte, retificámos e a equipa passou a estar ativa e determinada. Conseguimos criar oportunidades, empatámos, mas depois sofremos mais um golo.

Vamos tirar as ilações desta derrota, mas tenho dificuldade em falar em justiça, porque a minha equipa não foi inferior», disse Rui Vitória, este domingo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.