Vasco Seabra, treinador do Marítimo, analisou a derrota frente ao FC Porto por 5-1, no jornada inaugural da Liga.

Análise

"Entrámos muito bem, a conseguir bater a pressão e a conseguir chegar à área. Temos duas oportunidades antes do golo do FC Porto e depois podíamos ter feito o 1-1, não fosse uma grande defesa do Diogo Costa. (...) houve muitos momentos, contra uma equipa forte a pressionar, em que abusámos da saída curta quando precisávamos de saída mais longa, para meter o FC Porto a correr para trás."

Segundo tempo

"Na segunda parte ficou mais difícil, com o desgaste natural e por sentirmos que o resultado ao intervalo era demasiado enganador. Globalmente, penso que o resultado é demasiado volumoso. Vir ao Dragão criar quatro ou cinco oportunidades claras, torna curto o que conseguimos. Não são muitas equipas que o conseguem."

Eficácia portista

"O FC Porto fez sete remates enquadrados e marcou cinco golos. Não é uma situação muito habitual. Sabemos onde erramos e para onde queremos ir. Estes erros fazem-nos crescer, mas queremos corrigi-los rapidamente."

Miguel Sousa, jogador do Marítimo, analisou a derrota frente ao FC Porto.

Análise

"Até tivemos as duas primeiras oportunidades de golo do jogo. Saímos deste encontro a pensar que poderíamos ter conseguido outro resultado. Essas ocasiões não concretizadas, ainda na primeira parte, poderiam ter feito com que o jogo decorresse de outra maneira, se as tivéssemos concretizado", disse.

Ideia positiva de jogo

"Temos uma ideia de jogo muito positiva, foi o que o técnico nos pediu e tem incutido. E que vamos levar para o muito que ainda falta desta Liga. As coisas não saíram bem lá atrás, às vezes, mas vamos continuar assim a pensar positivo para o campeonato. Só nos resta olhar para a frente, vêm aí coisas boas", acrescentou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.