Declarações de Julio Velázquez, treinador do Vitória de Setúbal, à Sport TV, após a derrota com o Sporting por 3-1

Que análise faz do encontro? "Foi uma vergonha jogar este jogo. Pusemos jogadores em risco. Muitos ainda estão de cama, 12 ou 13. Para bem de Portugal e da liga portuguesa, os jogadores do Vitória fizeram muito mais do que outros. Para mim isto não é uma derrota. É o dia em que mais orgulho sinto dos jogadores e dos adeptos. Parabéns à equipa pela forma de jogar, pelo compromisso e trabalho. Fizemos o 2-1 e tivemos duas situações para empatar. É uma grande vitória e é um jogo que vai servir para criar mais união entre a equipa e os adeptos".

Chegaram a pensar em faltar ao jogo? "Não. Temos uma responsabilidade, representamos um emblema. A situação é surrealista, absurda. Parecia-me fazer sentido que um médico do Vitória juntamente com um médico da Liga fizessem a avaliação. Agora, um médico do Sporting? É como se um médico da Sampdoria examinasse jogadores do Milan ou um médico do Benfica examinasse jogadores do FC Porto. Não acredito que em 2020 se faça isso. Tivemos a vontade de nos apresentar no jogo, fico muito contente com os jogadores e com o balneário que tenho. Mostraram uma personalidade incrível. Melhor resposta do que hoje é impossível".

Dois golos no espaço de sete minutos permitiram, este sábado,ao Sporting ganhar vantagem importante e vencer em casa do Vitória de Setúbal por 3-1, em jogo da 16.ª jornada da I Liga de futebol. Numa semana marcada pelo pedido sadino de adiamento do jogo devido a uma virose que terá afetado o seu plantel, solicitação negada pelos 'leões', o Sporting chegou ao intervalo a vencer já por 2-0, após os golos de João Meira, aos 27 minutos, na própria baliza, e de Bruno Fernandes, aos 34, na conversão de uma grande penalidade.

Apesar de demonstrar algumas dificuldades físicas com o decorrer da partida, a equipa setubalense reentrou na discussão do resultado aos 63, com um grande remate de Carlinhos, que fez a bola passar por cima do guarda-redes Luís Maximiano, tendo Bruno Fernandes, já aos 90+4, desfeito as dúvidas quanto ao vencedor do encontro, anotando o 3-1. A vitória permite ao Sporting, quarto classificado, chegar aos 29 pontos e ficar a um do Famalicão, terceiro, enquanto o Vitória é 10.º com 19.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.