A vereadora do PS na Câmara do Porto Carla Miranda criticou esta terça-feira o facto de o presidente do Futebol Clube do Porto não ter sido incluído na lista de personalidades a receber em julho medalhas da cidade.

Carla Miranda, que viu a sua proposta de atribuição de uma medalha a Pinto da Costa recusada pela presidência, afirmou que apesar do clube não ter vencido nenhum campeonato esta época, esta seria a altura da Câmara “retribuir” ao clube aquilo que tem dado à cidade, homenageando o seu líder.

Em declarações à Lusa no final da reunião, Carla Miranda afirmou que este seria “o ano em que isto faria sentido”, após 12 de mandato do social-democrata Rui Rio “com muitas discórdias” com o clube. “Não podemos estar de costas voltadas”, sustentou, defendendo que “este seria o momento de pacificação”.

Carla Miranda, que não recebeu justificação pelo facto de Pinto da Costa não ter sido incluído na lista, da qual faz parte o anterior autarca, Rui Rio, criticou também apenas existir uma mulher entre as 25 personalidades que serão agraciadas a 09 de julho.

A vereadora socialista lamentou ainda que apenas tenham sido atribuídas medalhas “a 27 mulheres nos últimos 20 anos”, em que foram entregues cerca de 300 medalhas.

Este ano, o presidente da autarquia pediu a todas as forças políticas do executivo que indicassem quem gostariam que fosse agraciado pela Câmara.

Rui Moreira vai entregar a Rui Rio a Medalha de Honra da Cidade, a mais alta condecoração do município reservada a quem tenha prestado serviços de excecional relevância.

Esta condecoração será também atribuída ao escritor Vasco Graça Moura (a título póstumo) e ao alfaiate Gilles Zeitoun, que instalou na Baixa da cidade, em 2009, um ateliê para a criação e produção de alta-costura.

O arquiteto Alcino Soutinho, o antigo vereador da autarquia e treinador de futebol Hernâni Gonçalves e o fundador do CDS João Porto serão agraciados com esta medalha de Mérito a título póstumo. Nesta lista de personalidades constam também, entre outros, os presidentes dos conselhos de administração dos hospitais de S. João e Santo António, António Ferreira e Sollari Allegro.

Rui Moreira atribuirá a medalha de Valor e Altruísmo à Irmandade dos Clérigos e ao frei Bernardo Domingues, bem como a Medalha de Bons Serviços grau Ouro aos comandantes da Polícia Municipal e Sapadores Bombeiros. A Medalha de Valor Desportivo será dada a João Trigo, presidente do Rosário Vólei, projeto desportivo do Colégio Nossa Senhora do Rosário.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.