O técnico francês da Naval 1º de Maio foi despedido à sexta jornada depois de apenas conseguir uma vitória em seis jornadas, somando mais um empate e quatro derrotas.

Victor Zvunka deixa a Naval 1.º de Maio na 14.ª posição, com apenas quatro pontos, mais dois que o Rio Ave e o Marítimo, as duas equipas que estão abaixo da “linha de água”.

O adjunto Fernando Mira assumirá o comando interino da equipa da Figueira da Foz.

O holandês Mitchell Van Der Gaag foi o primeiro treinador a ser despedido na presente edição da Liga portuguesa, tendo deixado o Marítimo à quarta jornada.

Antes de ser substituído por Pedro Martins, Mitchell Van Der Gaag tinha conseguido levar a equipa insular ao “play-off” da Liga Europa, mas tinha apenas um ponto conquistado em quatro jogos a nível interno.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.