O presidente do Sporting e candidato à direção do clube prometeu sexta-feira iniciar um ciclo positivo de conquista de títulos nacionais nos próximos quatro anos, num discurso que se centrou em agradecimentos a diversos setores ‘leoninos’, e que terminou com um equívoco de Bruno de Carvalho.

Perante as cerca de 700 pessoas presentes na Estufa-Fria, em Lisboa, o líder da Lista B dirigiu as primeiras palavras de gratidão à família, passando depois, um a um, aos diversos departamentos e modalidades que compõem o Sporting.

Num discurso de sensivelmente uma hora, Bruno de Carvalho recordou todo o percurso que percorreu desde as primeiras eleições, em 2011, onde foi derrotado por Godinho Lopes, passando depois para as de 2013, aquelas que venceu e que o conduziram até hoje à presidência do Sporting.

Sem nunca dizer o nome de Pedro Madeira Rodrigues, candidato à presidência pela lista A, nas eleições de hoje, Bruno de Carvalho lamentou o tipo de campanha feito pelo rival, por, na sua opinião, não ter estado à altura do Sporting, dizendo mesmo que, em diversos momentos, "deveria ter ficado calado" em nome da estabilidade.

No remate deste discurso, minutos antes de bater as 12 badaladas, Bruno de Carvalho deixou a promessa de iniciar uma nova fase na vida ‘leonina’ durante o próximo mandato e acabou por enganar-se no final do discurso ao dizer 'Viva a Lista A', um momento caricato que fez lembrar Valentim Loureiro a gritar no final de um comício pelo Partido Socialista.

Veja o vídeo



Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.