Em entrevista à SIC, Luís Filipe Vieira abordou a sua condição de arguido na operação LEX.

"Primeiro, tenho a minha consciência completamente tranquila em tudo o que faço na minha vida. Os meus filhos e a minha mulher devem ter muito orgulho em mim. Por isso, coabito facilmente com isso. A justiça não se faz nos jornais e nas televisões. O que se está a passar comigo, que deve ser alguma perseguição de alguém que não sei quem é, mas quando se fala da minha vida particular e dos processos em tribunal que não sei quais são – o Lex é individual – a seu tempo toda a gente saberá. Acho que as pessoas bem formadas e com boas intenções já perceberam o que se sucedeu ou por onde me querem encaminhar. De certeza que no local certo saber-me-ei defender e acredito muito na justiça", frisou o líder das águias, assegurando depois que este caso "não vai interferir na presidência". "Sei que não cometi crime algum".

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.