O treinador do FC Porto classificou hoje de "alto nível" o torneio de Paris em futebol, que o clube disputará no sábado e no domingo, mas adiantou que ainda não será possível descortinar o "onze" da Supertaça.

André Villas-Boas, ladeado pelo jogador uruguaio Álvaro Pereira, prometeu “novos hábitos e um novo estilo” e garantiu que “o FC Porto não deixará sair jogadores de qualidade indiscutível do seu plantel por tuta e meia”.

Na conferência de imprensa que antecede a prova gaulesa, que integra ainda os franceses do Bordéus e Paris Saint-Germain e os italianos da AS Roma, Villas-Boas enalteceu a qualidade do torneio, sublinhando que os dois conjuntos franceses “têm hábitos de vitória”, apesar de terem efectuado uma última época abaixo das expectativas, enquanto a equipa romana é vice-campeã nacional.

O técnico do FC Porto, que na última temporada orientou a Académica de Coimbra, diz que, apesar de ter já o jogo da Supertaça portuguesa na próxima semana diante do Benfica, não entrará “de forma alguma” no "onze" inicial

“Isso é impensável”, frisou o treinador, declarando que “é mais importante continuar a distribuir o tempo por todos os jogadores. Isso é tão importante como sair do torneio sem lesões”.

Na ocasião, o técnico prometeu ainda dotar o clube com “um novo estilo e novos hábitos”, ressalvando no entanto que não pretende “cortar com os hábitos que trouxeram tantos troféus ao FC Porto”.

André Villas-Boas antecipa dias “extremamente competitivos, pois o emocional da próxima semana vai influir no rendimento de todos os jogadores, que estão muito motivados para ganhar”.

“Não é ou não será um grito de revolta do FC Porto, mas são jogadores que querem demonstrar a qualidade inegável do seu jogo”, acrescentou o técnico, que comentou também o momento dos seus principais adversários na nova época.

“Fora os resultados, temos um Benfica à vista de todos, com princípios, hábitos de treino e de jogo bem assimilados. Sem dúvida, um Benfica ao mais alto nível”, afirmou Villas-Boas.

“O Sporting está a passar pela mesma transformação que nós estamos a ter, que é a mudança de hábitos, a introdução de um novo estilo e de uma nova liderança e de uma nova forma de comunicar”, acrescentou o treinador.

“Há portanto uma expectativa gerada à volta do Sporting e do FC Porto e há a continuação de uma filosofia por parte do Benfica e do Braga”, resumiu.

O torneio de Paris inicia-se no sábado no estádio Parque dos Príncipes, estando o primeiro jogo, AS Roma-Bordéus, agendado para as 15h45 (horas de Lisboa), e o segundo, Paris SG-FC Porto, para as 18h00.

No domingo, disputa-se a segunda e última jornada, com o FC Porto a defrontar o Bordéus às 15h45, e o Paris SG a AS Roma às 18h00.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.