Jesualdo Ferreira, esta quinta-feira apresentado como novo treinador e coordenador do futebol profissional do Sporting de Braga, disse ter escolhido regressar ao clube minhoto, dez anos depois, por uma questão de “afeto e gratidão".

«Vim para Braga por uma questão de afeto e gratidão, não esqueço que na altura precisei do Braga para continuar a minha carreira. Para mim, o sentimento de gratidão é um dos mais nobres do ser humano e quando o presidente me abordou, há uma semana, não pensei muito, deixei-me levar pelo sentimento», explicou o treinador.

Jesualdo Ferreira disse querer contribuir para o crescimento do clube minhoto, «para que seja cada vez mais forte, porque já é um clube grande».

O presidente, António Salvador, revelou que o técnico será também responsável por todo o futebol profissional do Braga, inclusive a equipa B, e reforçou a ideia que o Sporting de Braga «é a terceira força futebolística em Portugal pelo trajeto que tem vindo a fazer nos últimos anos».

«O professor foi uma pessoa muito importante no início da caminhada, há 10 anos. Na semana passada reuni com ele para o convidar, foram sete horas de conversa, e voltei a sentir alegria por falar sobre futebol», disse.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.