Em entrevista ao podcast alemão 'Sobre o desporto e a vida', reproduzida pelo jornal Record, Julien Weigl, que chegou ao Benfica no passado mercado de janeiro, afirma que o clube é tão ou mais grande que um dos colossos germânicos, comparando as 'águias' ao Bayern Munique, fazendo ainda alusão ao número de adeptos 'encarnados'.

"É o clube mais famoso de Portugal. É o Bayern Munique de Portugal ou até mais. Cerca de 70% dos adeptos portugueses são do Benfica", disse, acrescentando ainda a desilusão por ter sido rejeitado pelo bávaros.

"Sofri muito com a rejeição no Bayern mas o meu pai ajudou-me a superar a situação", revelou.

O ex-Dortmund abordou também o tempo em que somou poucos minutos no emblema germânico, o que o fez procurar um novo desafio, e é aqui que entram as 'águias'.

"Há um ano, estava a jogar muito pouco e muitas das vezes não fazia parte da equipa. Foi a primeira vez que sofri uma situação destas na minha carreira e percebi que não iria haver muitas alterações. Quando apareceu o Benfica, quis saber como era o clube e fiquei muito bem impressionado com a forma de trabalhar do clube e o modo como se preocuparam comigo", afirmou.

A um ponto do FC Porto na I Liga, adversário também na Taça de Portugal, Weigl afirma que as 'águias' têm o título de campeão ao alcance.

"Estamos a lutar pela liderança. Tínhamos sete pontos de avabço e temos agora um de atraso. Passámos por uma fase de seca, mas ainda tudo é possível. Estamos na final da Taça com o FC Porto e estou perfeitamente convencido que temos hipóteses de ganhar a I Liga", concluiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.