Contratado em janeiro pelo Benfica por 20 milhões de euros, o internacional alemão explicou agora numa entrevista ao em entrevista ao jornal alemão Süddeutsche Zeitung o que o levou a optar pelas 'águias' quando tinha também ofertas de outros campeonatos mais cotados, como o espanhol ou o italiano.

"Quando vim a Portugal para iniciar as negociações vi o centro de treinos e percebi o quão grande o Benfica é, algo que as pessoas não percecionam na Alemanha. Fiquei extremamente impressionado. O Rui Costa e o Tiago Pinto, bem como o treinador Bruno Lage, mostrara que me queriam, pelas minhas caraterísticas e pelas minhas qualidades", explicou.

Weigl sublinhou o quanto o clube da Luz investiu na sua contrtação. "O clube todo trabalhou para fechar a transferência. Não foi um negócio pequeno para o Benfica, mas sim um dos mais caros da história do clube. Eles queriam um jogador sonante para causar sensação na Champions. Todos os anos há equipas surpresa, como o Ajax ou a Atalanta. O Benfica, sem dúvida, tem potencial para ir mais longe", frisou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.