Um golo de William Carvalho aos 6 minutos e outro de Bruno César aos 36 minutos colocaram o Sporting na frente do marcador do jogo com o Vitória de Setúbal a contar para a 12ª jornada do campeonato quando está terminada a primeira parte do encontro em Alvalade

No regresso ao campeonato nacional, Jorge Jesus apostou na equipa titular depois de ter resguardado os jogadores mais utilizados no jogo a meio da semana para a Taça da Liga com o Arouca.

Moralizados com a derrota do Benfica no Funchal, e com a oportunidade de encurtar distâncias para o dérbi lisboeta da próxima jornada, o Sporting entrou com tudo frente aos adversários do Sado e acabou por chegar ao golo com relativa facilidade logo aos 6 minutos de jogo num pontapé marcado à maneira curta em que William de Carvalho aproveitou a saída em falso de Varela para de cabeça fazer o 1-0.

Em vantagem no marcador, o Sporting não reduziu a intensidade de jogo e empurrou a equipa do Vitória para a sua área defensiva. Os sadinos praticamente não ultrapassavam a linha de meio campo e quando o faziam faltava objetividade para encontrar enquadramento com a baliza de Rui Patrício.

O Sporting ainda se queixou de um golo anulado a Bas Dost aos 31 minutos, mas Bruno César acabou mesmo por dilatar o marcador aos 37 minutos de jogo com um grande remate em arco não dando hipóteses de defesa a Varela.

A equipa de Jorge Jesus foi para intervalo com uma vantagem confortável e atendendo à produção da equipa de Setúbal os três pontos já não devem fugir à turma de Alvalade.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.