Paulinho foi uma das figuras da recente goleada do Sporting de 6-0 imposta ao Farense na passada quarta-feira. O avançado leonino contribuiu com dois golos e uma assistência para a vitória folgada da equipa de Alvalade na partida relativa à primeira jornada do grupo B da Taça da Liga.

Wilson Eduardo, antigo colega de Paulinho no SC Braga elogiou a performance do avançado, não só pelos golos marcados, mas também pelo seu contributo para a dinâmica ofensiva da equipa.

"A maneira de jogar do Sporting é diferente da do Sporting de Braga na altura. Mas em relação ao Paulinho, muitas vezes criticam-no por não marcar golos, mas esquecem-se de tudo o resto que engloba o jogo. É verdade que aos avançados pedem-se golos, mas a forma como o Sporting joga exigem muito de Paulinho, principalmente nos seus movimentos de apoio", afirmou Wilson Eduardo ao diário desportivo 'A Bola'.

O internacional angolano enfatizou ainda a importância de Paulinho para o modo de jogar de Rúben Amorim e acrescentou que muitas vezes o trabalho do avançado leonino em campo passa um pouco ao lado dos adeptos, isto devido ao seu papel enquanto homem mais avançado do ataque.

"Se analisarmos a forma como joga no meio, Paulinho vem muitas vezes fazer a ligação na saída de jogo da equipa. Ele tem feito isso, e inclusive, o próprio Rúben Amorim já falou sobre isso. Mas os adeptos olham para ele como um jogador que tem obrigação de marcar e não conseguem observar todo o trabalho que ele faz pela equipa. E é por isso que além dos golos também consegue assistências", acrescentou o jogador formado nas escolas dos leões.

Paulinho leva 15 jogos realizados esta temporada, nos quais apontou quatro golos e registou outras tantas assistências.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.