A equipa de Augusto Inácio inaugurou o marcador, aos 42 minutos, através de Dener. Já na segunda parte, David (52) igualou a partida levando o encontro para prolongamento, no qual o resultado não se alterou.

No desempate da marca de grande penalidade, os espanhóis foram mais fortes e com 4-2 no marcador levaram o troféu para Vigo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.