com o apoio MEO
Adere à fibra do MEO desde €29,99/mês. Exclusivo Online.

#QueremosIgualdade: o movimento de protesto dos jogadores da II Liga

Este artigo tem mais de 2 anos
Os jogadores protestam pelo fim da II Liga.
#QueremosIgualdade: o movimento de protesto dos jogadores da II Liga
instagram @sergiodesousa7

São já vários os jogadores de emblemas da II Liga que partilharam imagens a preto e branco, acompanhadas da hashtag #QueremosIgualdade.

“A ideia é todos os jogadores da II Liga colocarem uma foto a preto e branco nas redes sociais com o intuito de apelar à igualdade entre as duas Ligas e ao mesmo tempo revelar que estamos de luto com a decisão de não avançar com a II Liga”, é o texto que circula entre os atletas nas redes sociais.

Veja algumas das publicações dos jogadores

A retoma da I Liga de futebol, a partir de 30 e 31 de maio, está sujeita a aprovação da Direção-Geral da Saúde (DGS) de um plano sanitário, anunciou o primeiro-ministro, explicando que os jogos vão realizar-se sem a presença de público nos estádios.

O reinício do futebol profissional está limitado ao principal escalão, com a II Liga a não receber ‘luz verde’ para poder retomar a competição.

Faltam disputar 90 jogos do principal escalão, que é liderado pelo FC Porto, com um ponto de vantagem sobre o campeão Benfica, assim como a final da Taça de Portugal, que vai opor Benfica a FC Porto.

Na altura da suspensão, Nacional e Farense ocupavam os dois lugares de subida na II Liga, com os madeirenses no primeiro lugar, com 50 pontos, mais dois do que os algarvios.

*com Lusa

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Veja também

 
 

Comentários

Entre com a sua conta do Facebook ou registe-se para ver e comentar

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa , as nossas notificações ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.