As seleções de futebol de Angola e Suazilândia empataram a duas bolas no desafio da primeira mão das eliminatórias de acesso ao CHAN 2016, a ter lugar em Kigali, no Ruanda.

Os Palancas Negras - Angola - treinam à porta fechada no Estádio 11 de Novembro, em Luanda, palco do desafio de sábado, marcado para as 15h30, referente à segunda e última mão do apuramento para a competição onde jogam os atletas que militam em campeonatos nacionais.

Nesse encontro decisivo, o favoritismo recai para o combinado angolano, que para além de jogar em casa leva alguma vantagem por ter conseguido um ponto na casa do adversário, em Mbambane.

Os swazis escalam Luanda com o objetivo de conseguirem o passaporte para o CHAN, mas têm o conhecimento de que os angolanos são obrigados a vencer o encontro, porque jogarão ao lado do seu público, bastante exigente.

Corrigir os erros técnicos, táticos e outros detalhes, com destaque para a finalização, um dos setores que mais preocupa a equipa técnica angolana, fazem parte dos ensaios de Angola para o desafio do fim-de-semana.

Para não voltarem a cometer erros de palmatória, tal como se verificou no jogo da primeira mão, bem como nos amistosos, o "pastor" dos Palancas Negras, Romeu Filemon, e a sua equipa técnica reforçaram as estratégias de jogo em todos os setores.

O selecionador angolano, Filemon, espera que os seus eleitos consigam corresponder com as estratégias para vencer e não dececionar o povo angolano, que promete aplaudir os Palancas Negras do início ao fim do encontro.

Para além dos treinos, a equipa técnica angolana continua também a estudar o futebol do adversário, a fim de impôr ordem e manter o respeito no seu reduto.

O médio do 1º de Agosto Gelson, o mais novo entre os convocados de Filemon, é o jogador de destaque no grupo. O mesmo é também conhecido como Puto do ano 2015, designação feita pela Rádio Cinco, canal desportivo da Rádio Nacional de Angola.

Ary Papel, também atleta do 1º de Agosto, e Ricardo Job Estevão, do Petro de Luanda, são os extremos da seleção angolana que mais levantam os ânimos do público dentro e fora de Angola.

O desafio com a Suazilândia no fim-de-semana também se enquadra nos preparativos dos Palancas para os jogos de apuramento ao Campeonato Africano das Nações (CAN 2017), em Libreville, Gabão.

Para esta última prova, o combinado angolano goleou a República Centro Africana por 4-0, no Estádio 11 de Novembro, desafio referente à primeira mão do grupo B, onde também estão inseridas as seleções da Republica Democrática do Congo e Madagáscar.

O desafio da segunda mão entre Angola e República Centro-Africana está previsto para setembro do corrente ano na casa desse país do centro do continente africano.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.