A seleção nacional de futebol de Angola viajou na tarde desta quarta-feira à África do Sul, em trânsito para Gaberone, onde sexta-feira vai defrontar a similar do Botswana, em jogo amigável, sem quatro dos seus principais esteios, que falham o jogo por lesão.

Trata-se do médio defensivo Herimilson, do Petro de Luanda, dos avançados Gelson e Ary Papel (ambos do 1º de Agosto) e Yano (Progresso do Sambizanga), que nem sequer seguiram viagem para aquele país da África Austral que celebra 50 anos de independência dia 30 deste mês.

A Angop constatou, no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, que os jogadores em questão não chegaram a ser substituídos, tendo viajado somente 14 dos 18 convocados. Todos atuam no campeonato nacional da primeira divisão, Girabola.

Integram a lista Dominique, Paizo, Isaac (1º de Agosto), Gerson, Carlinhos, (Petro de Luanda), Fabrício, Paty, Pirolito (Interclube), Eddie Afonso, Ito, Kuagica (Recreativo do Libolo), Gomito (Benfica de Luanda), Wladimir (Progresso do Sambizanga) e Nandinho (Kabuscorp do Palanca).

A caravana angolana é chefiada pelo vice-presidente da federação, Osvaldo Saturnino de Oliveira "Jesus", e conta, entre outros membros, o médico Pedro Miguel. José Kilamba é o selecionador, coadjuvado por André Makanga.

Será o nono jogo entre ambas, sendo que Angola ganhou quatro, perdeu um e empatou três.

O Botswana tornou-se independente da Inglaterra a 30 de Setembro de 1966, nove anos antes da República de Angola, que celebra sua independência desde 11 de Novembro de 1975. A seleção deve regressar sábado, dia 01 de Outubro, a Luanda.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.