O técnico do Atlético Sport Aviação (ASA), o brasileiro Roberto do Carmo, espera um jogo com muito contacto físico entre Angola e a Republica Democrática do Congo, referente à segunda jornada do grupo B do CHAN, que decorre no Rwanda.

Em declarações à Angop a propósito do encontro dos Palancas Negras, da próxima quinta-feira, o treinador acrescentou que os congoleses são superiores fisicamente, jogam muito pelas alas, o que provocará muito choque entre os atletas, sobretudo na zona defensiva angolana.

O técnico sublinhou tratar-se de um encontro que obrigará a equipa nacional a correr mais, a marcar à zona e individual, onde terá de fechar os principais jogadores contrários, no sentido de anular a movimentação dos principais marcadores, além de manter-se alerta na execução das bolas paradas, sob pena de ser surpreendida.

No seu entender, caso os Palancas Negras conseguirem controlar estes pormenores e os níveis de nervosismo e entrosamento podem obter o triunfo.

Em relação à estreia, frisou que os Palancas Negras, embora com um plantel renovado, apresentaram bons indicadores de desenvolvimento ofensivo, apesar da derrota frente os Camarões, por 0-1.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.