Cabo Verde subiu três posições no “ranking” da FIFA, atualizado segunda-feira, apesar da derrota sofrida frente ao Senegal, em jogo de qualificação africana para o Mundial de futebol de 2018.

As derrotas, com o Senegal (0-2), a 07 de outubro no Estádio Nacional, e também com Moçambique (0-1), no amigável realizado em Lisboa, três dias depois, não tiveram, para já, consequências para os “Tubarões Azuis”, que passam a ocupar a 64ª posição com 568 pontos.

Cabo Verde mantém a condição de melhor seleção dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP), à frente da Guiné-Bissau (88), Moçambique (104), Angola (139) e São Tomé e Príncipe (176).

No continente africano, Cabo Verde é o número 11 do “ranking”, que passa a ser liderado pela Tunísia, seguido do Egipto, Senegal, RD Congo, Nigéria, Camarões, Marrocos, Gana, Burkina Faso e Costa do Marfim.

A nível mundial, a lista da FIFA continua a ser liderada pela Alemanha, tendo atrás as seleções do Brasil, Portugal, Argentina, Bélgica, Polónia, França, Espanha, Chile e o Peru.

“Ranking” da FIFA a 16 de outubro:

1. (1) Alemanha, 1.631 pontos.
2. (2) Brasil, 1.619.
3. (3) Portugal, 1.446.
4. (4) Argentina, 1.445.
5. (5) Bélgica, 1.333.
6. (6) Polónia, 1.323.
7. (8) França, 1.226.
8. (11) Espanha, 1.218.
9. (9) Chile, 1.173.
10. (12) Peru, 1.160.
(…)
30. (30) Egipto, 818.
32. (33) Senegal, 815.
55. (49) Burkina Faso, 639.
64. (67) Cabo Verde, 568.
74. (80) África do Sul, 473.
88. (94) Guiné-Bissau, 403.
111. (108) Moçambique, 299.
139. (137) Angola, 223.
176. (176) São Tomé e Príncipe, 94.
192. (192) Timor-Leste, 42.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.