O presidente da Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF), Victor Osório, garantiu esta segunda-feira à Inforpress que a seleção de Cabo Verde vai jogar partidas de qualificação para a CAN’2017 em outras ilhas do país, desde que os relvados estejam certificados.

“Posso garantir que os jogos em casa desta qualificação para a CAN’2017 não serão disputados todos na Cidade da Praia, pois a ideia é levar a seleção a outros pontos do território nacional”, referiu o presidente da FCF, numa alusão às partidas com a Líbia e Marrocos.

Relativamente ao processo de certificação do novo relvado do Estádio Adérito Sena, em São Vicente, Victor Osório disse estar na posse de informações que “não pode disponibilizar à imprensa” neste momento, mas que o dossiê “ainda não está completo”.

“Certamente que a FIFA fará mais uma missão a São Vicente, pois a certificação envolve diversas etapas, mas trata-se de um processo normal, já que há necessidade de mais equipamentos, por exemplo”, salientou a mesma fonte, que informou que a ilha do Sal vai também ter relvado novo no Estádio Marcelo Leitão.

“Posso deixar a garantia que a seleção vai jogar esta fase de qualificação em outros pontos do território nacional”, concluiu Victor Osório.

Os primeiros testes para certificação dos relvados do Estádio Adérito Sena e dos Centros de Estágios da FCF foram efetuados no passado mês de fevereiro, sob a responsabilidade de uma equipa do laboratório do departamento de têxteis da Universidade de Gent (Bélgica), coordenado por Filip Motte.

Naquela ocasião, o gestor do Estádio Adérito Sena, Júlio Brito, explicou à Inforpress que a equipa da Universidade de Gent (Bélgica) promoveu uma bateria de testes nos dois relvados que integrou resistência da relva, níveis de borracha e areia, piso (base), verificação das medidas da área de jogo e de segurança, circulação e ressalto de bola e temperatura.

O Estádio Adérito Sena, agora dotado de um piso sintético Fieldturf Optimum, 60mm, monofilamento de 3ª Geração, passou a ter uma área total de implementação de relva de 111 metros x 74 metros e uma área de jogo com 105 metros x 68 metros, a medida máxima da FIFA, o organismo que rege o futebol a nível mundial.

O Centro de Estágio, que se localiza paredes-meias com o “Adérito Sena”, por seu lado, foi dotado de um relvado da marca Fieldturf Prestige XM6, 50 mm, monofilamento de 3ª Geração, com 104 metros x 67 de área total de implementação da relva e uma área de jogo de 100 metros x 63 metros.

Os mindelenses aguardam, assim, notícias da FIFA sobre a certificação para que os jogos da seleção de Cabo Verde regressem à ilha de São Vicente, cuja população, “sempre soube” acarinhar os “Tubarões Azuis”.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.