O selecionador moçambicano de futebol, Luís Gonçalves, anunciou hoje a convocatória para o jogo particular com o Quénia, em 13 de outubro, numa lista marcada pela ausência de Edson Mexer.

No total, são 20 jogadores escolhidos pelo técnico português, que preferiu, por uma questão de "gestão da condição física", deixar de fora o defesa Edson Mexer, que atua no Bordéus e tem sido uma peça fundamental da seleção moçambicana.

"Optei por não o chamar para que ele descanse, comunicando, obviamente, ao próprio jogador e ao técnico do seu clube", disse Luís Gonçalves, em conferência de imprensa, realizada em Maputo.

A outra novidade é o regresso de Elias Pelembe ‘Dominguez’ à lista de convocados, depois de ter sido deixado de lado no jogo com as Maurícias, em 10 de setembro, que contava para o acesso a primeira fase de apuramento africana rumo ao Campeonato do Mundo do Qatar, em 2022, que Moçambique venceu por 2-0.

"O Dominguez é um jogador com o qual eu sempre conto e nunca deixei de contar. Mas, no último jogo, não foi convocado por opção técnica e desta vez, também por opção técnica, achei melhor convocá-lo", disse Luís Gonçalves, acrescentando que o avançado tem estado a jogar mais tempo no seu clube, o Bidvest Wits.

Na lista de convocados para o encontro com o Quénia, em Nairóbi, destaca-se também Kamo Kamo, do Vitória do Setúbal, Geny Catamo, da equipa de sub-23 do Sporting, Witi, do Nacional da Madeira.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.