O prazo para a entrega de listas na secretaria da FPF, em Lisboa, terminou às 16 horas de hoje sem que tenha dado entrada qualquer elenco liderado por António Sequeira, que foi o primeiro a manifestar a intenção de se candidatar.

Carlos Marta, antigo presidente do Conselho Nacional do Desporto, foi hoje o primeiro a formalizar a candidatura, seguindo-se Fernando Gomes, atual presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional.

Um terceira lista, apenas candidata ao Conselho de Arbitragem e encabeçada pelo presidente da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF), Luís Guilherme, também foi depositada hoje na FPF.

Este elenco de 13 elementos, no qual constam os ex-árbitros Lucílio Baptista e Paulo Costa, tem o apoio de Carlos Marta, que não apresentou lista para aquele órgão.

Na qualidade de presidente da Comissão Eleitoral, o presidente da Assembleia-Geral da FPF, Avelino Ribeiro, tem agora um prazo de 10 dias úteis (até 10 de novembro) para analisar as listas e ver se respeitam as normas estatutárias.

Eventuais irregularidades serão comunicadas no dia seguinte e as candidaturas podem supri-las entre 14 e 15. A Comissão Eleitoral notifica as candidaturas da admissão o rejeição das listas no dia 17, procedendo à sua numeração e publicação a 25.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.