O avançado Diogo Jota voltou hoje a falhar o treino da seleção portuguesa de futebol, tendo sido o único ausente no derradeiro apronto de preparação antes do jogo particular com o Qatar, no sábado.

O jogador do Liverpool continua a recuperar de problemas musculares, sendo que, desde o início da concentração, na terça-feira, ainda não participou em qualquer sessão de trabalho, o que faz antever que seja ‘baixa’ quase certa para o duelo com os qataris.

Rúben Neves, que tinha feito trabalho específico na véspera, treinou integrado com a equipa na Cidade do Futebol, em Oeiras, tal como Nélson Semedo, que realizou o primeiro treino junto dos restantes companheiros, depois de se ter juntado à concentração na quinta-feira.

Desta forma, o selecionador Fernando Santos contou com 23 jogadores, os quais trabalharam sem limitações nos 15 minutos de sessão abertos aos jornalistas, realizando exercícios de aquecimento com bola, os tradicionais ‘meinhos’.

A partir das 12:30, Fernando Santos e um jogador a designar falarão aos jornalistas, em conferência de imprensa de antevisão do jogo com o Qatar.

A seleção portuguesa joga com o Qatar no sábado, às 20:15, em encontro particular, e três dias depois defronta o Luxemburgo, às 19:45, para o grupo A de qualificação para o Mundial2022, sendo que ambas as partidas se realizam no Estádio Algarve.

Portugal lidera o grupo A de qualificação para o Campeonato do Mundo do próximo ano, com 13 pontos, mais dois do que a Sérvia (11), segunda colocada, e mais sete face ao Luxemburgo (seis), que é terceiro, à frente de República da Irlanda (dois) e Azerbaijão (um).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.