"É como se fosse uma final. É uma partida que decide o futuro da Seleção e todos os jogadores que fazem parte da equipa têm esse compromisso com Portugal", frisou Hugo Almeida, em declarações à sua assessoria de imprensa.

"Vamos entrar em campo levando o anseio de todos os portugueses, que querem ver o país no Mundial'2010. Não podemos pensar que a vitória, em casa, por 1-0, nos deu vantagem. Temos que jogar para vencer e marcar, sabendo da nossa grande responsabilidade", acrescentou o avançado do Werder Bremen.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.