Fernando Santos espera que o clima de fim de época não pese nos jogadores da Seleção para a dupla jornada com Arménia, de qualificação para o Euro2016, e Itália, de cariz particular.

Para o selecionador, a Arménia é um passo importante nas contas do apuramento e qualquer deslize está proibido. "Se olharmos à Arménia enquanto equipa que, com exceção do jogo de Portugal, em qualquer um dos outros jogos esteve em situação vencedora até muito perto do final, quer na Dinamarca quer na Albânia e no jogo da Sérvia esteve a vencer até aos 94 minutos. Isso por si só diz das dificuldades da Arménia, que vencemos, mas contra quem tivemos grandes dificuldades. É um adversário forte e está muito motivado. Agora os meus jogadores vão estar altamente concentrados porque sabem que é um jogo em que dão um passo importante para nós. Espero que não haja nenhum relaxamento", declarou o técnico.

Na conferência de imprensa realizada na sede da Federação Portuguesa de Futebol, em Lisboa, Fernando Santos enalteceu ainda o facto da Arménia poder complicar as contas de Portugal: "É um jogo de extrema importância e é preciso saber que em primeiro lugar ainda vai haver uma decisão do TAS até à data do nosso jogo com a Arménia em relação ao jogo Sérvia-Albânia. Depois, porque ao contrário do que muitos estão a pensar, normalmente porque somos 8 ou 80, nunca temos meio termo, passamos de uma fase em que Portugal já nem seria sequer apurado para pensar que já estamos apurados. A Arménia tem uma palavra a dizer porque faltam 12 pontos em conquista e vai fazer deste jogo uma final. Há que ter em atenção que tem um novo treinador, o que leva a ter vontade de mostrar".

Já sobre as novidades na convocatória, o selecionador explicou a escolha de Daniel Carriço com a grande época do jogador do Sevilha. "O Danilo Pereira já tinha sido convocado, assim como o André André. Quem não tem integrado habitualmente as minhas convocatórias são o Varela e o Carriço. Depois de Pepe não estar em condições de estar na convocatória parece-me uma escolha natural. Carriço fez uma excelente época, ganhou a Liga Europa e parece-me uma escolha natural", rematou.

Portugal defronta a 13 de junho a Arménia, em jogo do Grupo I de apuramento para o Euro2016, que a equipa das ‘quinas’ lidera com nove pontos, mais dois do que a Dinamarca e a Albânia, enquanto os arménios e a Sérvia têm apenas um ponto.

Três dias depois, Portugal encontra a Itália, num encontro particular, em Genebra, na Suíça.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.