"A FIFA costuma estar em contacto regular com a federação portuguesa, como sucede com todas as outras filiadas, e preocupa-se sempre em actualizar-se sobre todos os assuntos de relevância", explicou à Agência Lusa fonte do organismo, o qual entende que "não há razão, até ao momento" para o organismo se "envolver numa questão interna" da filiada portuguesa.

A concluir, a mesma fonte deixou entender que esta posição até pode mudar de figura caso entenda que existam interferências externas neste assunto.

"A posição geral da FIFA sobre interferências governamentais é bem conhecida por toda a gente", sublinhou a mesma fonte.

A Federação Portuguesa de Futebol é a única entidade desportiva que ainda não adequou os estatutos à Lei, tendo o governo suspendido a utilidade pública em tudo o que diz respeito às associações distritais, que têm boicotado a aprovação dos novos estatutos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.