Luís Figo mostrou-se hoje orgulhoso por estar entre os três nomeados para “Jogador do Centenário” da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), revelando, contudo, que não tinha conhecimento da votação.

“Eu? Não me informaram...”, respondeu, surpreendido, o antigo futebolista quando questionado sobre o facto de estar nomeado, juntamente com Cristiano Ronaldo e Eusébio, para “Jogador do Centenário”, numa votação que está a decorrer no site da FPF.

Luís Figo não quis avaliar a concorrência, preferindo antes assumir que “é um orgulho estar nomeado”.

“A partir daí é tudo muito subjetivo”, completou, à margem do Circo de Natal da Fundação Luís Figo, a decorrer no Coliseu dos Recreios.

Vencedor da Bola de Ouro em 2000, o ex-jogador de Sporting, FC Barcelona, Real Madrid e Inter de Milão defendeu que, este ano, o eleito para o troféu que distingue o melhor futebolista do mundo deveria ser o seu compatriota Cristiano Ronaldo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.