A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) lançou hoje a segunda edição do prémio futebol para todos, um projeto destinado a apoiar instituições em áreas como o combate à discriminação e a promoção da inclusão social.

O montante atribuído no âmbito do prémio, que se insere no programa da UEFA denominado por HatTrick FSR, terá o valor máximo de 50 mil euros e pode ser parcelado por vários projetos candidatos ou atribuído apenas a um.

O prémio é dirigido a instituições sem fins lucrativos, e consubstancia-se na apresentação de projetos – sob o preenchimento de um questionário – que considerem a prática do futebol, o veículo promotor para o combate à discriminação e à promoção da integração social de crianças, jovens, adultos e pessoas portadoras de qualquer tipo de deficiência.

Os projetos candidatos, de acordo com a FPF, “deverão ter como premissa que cada indivíduo é único, bem como a rejeição de todas as formas de discriminação com base na raça, idade, género, religião, orientação sexual, cultura e nacionalidade”.

O período de candidaturas termina em 31 de maio de 2019, sendo que a avaliação dos projetos decorrerá entre os dias 01 e 30 de junho e a divulgação dos resultados será feita no primeiro dia útil de julho.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.