“Fizemos uma primeira parte muito bem conseguida, com controlo absoluto e inúmeras oportunidades para resolver o jogo. Queríamos ir para o intervalo com mais um golo de diferença, pois sabíamos que, fisicamente, podíamos pagar a factura do que de bom fizemos na primeira parte”, explicou Oceano.

“Fizemos um golo, que acabou por ser suficiente para conseguir uma bela vitória. Há que enaltecer a capacidade de sacrifício desta equipa, que, quase sem reserva física, revelou um espírito muito grande de entreajuda e permitiu que saíssemos vitoriosos”, terminou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.