Hermínio Loureiro quer encontrar uma solução regeneradora para a Federação Portuguesa de Futebol (FPF), disse à Lusa uma fonte próxima do ex-presidente da Liga de clubes, sem esclarecer se este avança com uma candidatura à presidência do organismo.

«Hermínio Loureiro está empenhadíssimo em encontrar uma solução para a Direção da FPF dentro do espírito de regeneração do futebol e do desporto português que sempre defendeu», disse a fonte próxima do atual presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis.

Presidente da Liga entre 2006 e 2010 e ex-secretário de Estado do Desporto, Hermínio Loureiro, que já manifestou disponibilidade para se candidatar à liderança da FPF, recebeu na quinta-feira o apoio expresso do presidente do Sporting, Godinho Lopes.

O dirigente “leonino” revelou a sua preferência no mesmo dia em que Filipe Soares Franco, ex-presidente do Sporting, anunciou a sua candidatura com o apoio de diversas associações regionais, juntando-se ao antigo secretário-geral da FPF António Sequeira, que foi o primeiro a propor-se.

Também na quinta-feira, na reunião do Conselho de Presidentes da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, o líder do organismo, Fernando Gomes, foi convidado a apresentar candidatura, numa iniciativa dos clubes da Liga de Honra secundada pelos do campeonato principal.

Sem manifestar qualquer tipo de apoio, o presidente do FC Porto, Pinto da Costa, afirmou que tanto Fernando Gomes como Soares Franco têm as condições que os “dragões” consideram necessárias para o exercício do cargo, enquanto o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, não emitiu opinião pública.

Incerta é ainda a posição de Fernando Seara, atual presidente da Câmara Municipal de Sintra, que também já admitiu a hipótese de se candidatar à sucessão de Gilberto Madail nas eleições marcadas para 10 de dezembro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.