Fonte oficial da Secretaria de Estado disse à agência Lusa que Laurentino Dias não se irá pronunciar sobre o assunto, até que os resultados da AG sejam oficialmente comunicados.

O regulamento eleitoral da FPF foi hoje aprovado na especialidade, anulando o chumbo das duas alíneas do artigo 37.º dos estatutos e encerrando um processo que se arrastava há mais de três anos.

Na Assembleia-Geral (AG) extraordinária, que durou cerca de sete horas, os sócios ordinários do organismo decidiram validar na especialidade o regulamento eleitoral apresentado pela direção da FPF, depois de também o terem aprovado na generalidade, e colocar um ponto final no impasse.

Depois de o documento ter sido aprovado na generalidade, a votação seria igualmente favorável na especialidade, com 370 votos (82 por cento) a favor e 81 contra, numa altura em que o quórum correspondia a 451 votos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.