O ex-futebolista Luís Figo também foi nomeado para o Comité do Futebol, do qual fazem alguns antigos nomes sonantes do futebol europeu, como Dejan Savicevic, Fernando Hierro, Demetrio Albertini, Matthias Sammer, Davor Suker e Grzegorz Lato.

Em declarações à Lusa, Luís Figo disse estar «honrado» pela nomeação: «Estou, naturalmente, honrado por ter sido nomeado pela UEFA para fazer parte de um Comité tão importante como este. É sempre um privilégio e um prazer representar o nosso país a nível internacional».

O antigo internacional português disse ainda esperar vir a «contribuir para a tomada de medidas destinadas ao desenvolvimento saudável do futebol enquanto desporto», ressalvando que o futebol «é enorme indústria que deve ter regras de funcionamento justas e bem definidas».

Além de Madail e Figo, mais seis portugueses vão integrar os órgãos da UEFA: Henrique Jones (Comité Médico), Onofre Costa (Comité da Comunicação Social), João Leal (Comité do Estatuto, Transferências e Agentes de Jogadores), Ana Caetano (Comité do Futebol Feminino), António Silva Pereira (Comité de Futsal e Futebol de Praia) e António Mortágua (Comité de Recursos Disciplinares).

Os comités da UEFA são compostos por especialistas em várias áreas, que têm como missão analisar as diferentes vertentes do futebol e fazer propostas e recomendações ao Comité Executivo do organismo que rege o futebol europeu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.