O defesa internacional Carlos Marchena disse hoje que a Espanha tem de respeitar Portugal e não pode relaxar.
“Não pode haver relaxamento da nossa parte. Seria uma falta de respeito. Portugal tem um potencial grande, tem jogadores de enorme qualidade e esse vai ser o perigo”, referiu Marchena, na antevisão do jogo particular de quarta-feira, integrado nas comemorações do centenário da República e da promoção da candidatura ibérica à organização do Mundial 2018.
O futebolista do Villarreal, que em 2000/01 jogou no Benfica, falou também de Cristiano Ronaldo e de Mourinho, começando por alertar para a “profundidade” do futebol do avançado português e que tem as qualidades próprias de um grande avançado.
Em relação a José Mourinho, por quem chegou a ser treinado nos tempos da Luz, Marchena disse ter boas memórias do agora técnico do Real Madrid, como um treinador muito jovem, que deu carácter à equipa.
“Estava a começar a carreira, fez uma boa equipa, deu-lhe carácter, mas, para comparar com o presente, não posso. Não estou no grupo (do Real Madrid), mas de fora penso que tem a mesma qualidade e evoluiu ainda mais”, disse.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.