Paulo Machado foi pela primeira vez chamado à Selecção Nacional, pela mão de Paulo Bento, com quem, assumiu, ainda não falou, e apesar de ser um nome praticamente desconhecido do grande público, isso é algo que não o incomoda.

“O importante é o seleccionador conhecer-me”, frisou Paulo Machado na chegada a Óbidos, esta terça-feira, onde a Selecção se concentra, acrescentando que para isso contribuiu a boa fase do Toulouse: ” O Toulouse tem vindo a fazer um grande trabaho, estivemos em primeira lugar quatro jornadas  e isso também conta para vir à Selecção”.

Neste momento, “é um sentimento de alegria” que invade o jogador e não pensa se tem ou não lugar garantido; sabe apenas que tem de “continuar a trabalhar para tentar ganhar um lugar na equipa” e que “este é um grande passo”.

O médio acredita na qualificação e por isso apelou aos adeptos para irem ao estádio, porque “a Selecção bem merece”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.