O capitão Cristiano Ronaldo será a grande baixa no arranque da qualificação para o Euro2016 de futebol, em que a seleção portuguesa quer apagar a má imagem deixada no Mundial2014.

Depois do afastamento na primeira fase no torneio do Brasil, a caminhada de Portugal para o Europeu de França inicia-se no domingo, em Aveiro, frente à Albânia, um adversário, em teoria, indicado para a retoma.

Contudo, a atual 70.ª seleção do “ranking” causou grandes problemas à “equipa das quinas” da última vez que se encontraram, no apuramento para o Mundial2010, com um empate em Portugal e uma derrota caseira (2-1), consentida nos segundos finais.

Na primeira convocatória de Paulo Bento pós-Mundial2014, o grande destaque é a ausência de Cristiano Ronaldo, devido a problemas físicos, que se vêm acumulando desde o final da temporada passada.

Além de Ronaldo, mais sete jogadores que estiveram no Brasil ficaram fora da lista, com Beto, Ruben Amorim e Bruno Alves lesionados, e Hélder Postiga, Hugo Almeida e Varela sem competição, estando também ausente Rafa, chamado aos sub-21.

Sem estes jogadores, Paulo Bento acabou por fazer uma pequena renovação na seleção lusa, com as estreias de Ricardo Horta, Ruben Vezo e Pedro Tiba e os regressos de Anthony Lopes, Antunes, Adrien, André Gomes, Bruma e Ivan Cavaleiro.

No entanto, não serão esperadas grandes alterações no “onze” base de Paulo Bento. À frente de Rui Patrício na baliza, João Pereira e Fábio Coentrão deverão ocupar as alas e Pepe, apesar de ter falhado os dois primeiros treinos da semana, deverá estar centro da defesa, provavelmente ao lado de Ricardo Costa, utilizado no Mundial2014.

No meio-campo, João Moutinho e Raul Meireles têm tido lugar cativo, residindo a principal dúvida no ocupante da posição “6”: o emergente William Carvalho, que fechou o Mundial a titular, ou Miguel Veloso, o habitual dono do lugar.

Éder foi o único ponta de lança convocado e deverá ter o apoio no ataque de Nani, agora regressado ao Sporting, com Vieirinha a ser um dos candidatos a substituir Ronaldo.

O apuramento para o Euro2016 será, em teoria, mais fácil do que o anterior, uma vez que será a primeira fase final com 24 equipas e por isso se apuram os dois primeiros classificados de cada grupo e o melhor terceiro, com os restantes terceiros a qualificarem-se para os “play-offs”.

No Grupo I, Portugal, Dinamarca e Sérvia são os grandes candidatos ao apuramento, pelo que nos jogos com a Albânia e a Arménia é quase proibido perder pontos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.