Os 2.500 bilhetes para o Portugal-Espanha, que vai ter 5% da lotação do Estádio José Alvalade com público, foram distribuídos através da Internet e todos os adeptos estão “devidamente identificados”, explicou hoje a Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Numa nota publicada no seu site oficial, o organismo esclareceu que todos os bilhetes foram destinados “a adeptos do clube de fãs das ‘seleções Portugal +’, parceiros e família do futebol”.

“Foram distribuídos, via online, 2.500 bilhetes para a partida. Os ingressos são nominais, isto é, cada adepto está devidamente identificado, pois a cada bilhete corresponde um email com os respetivos contactos de quem estará no estádio”, lê-se no sítio da FPF.

O organismo confirmou que será obrigatório o uso permanente de máscara e que estarão disponíveis vários pontos de higienização das mãos nas entradas do estádio, em que será feito o controlo da temperatura de cada adepto.

“Os lugares foram atribuídos com distanciamento físico. Foram desenhados perímetros de circulação bem definidos, com sinalética abundante e clara. A entrada dos espetadores será efetuada por várias portas, respeitando o distanciamento físico”, acrescentou a FPF.

As portas do Estádio José Alvalade, em Lisboa, abrem a partir das 18:00.

O particular Portugal-Espanha está agendado para quarta-feira, às 19:45, e terá arbitragem do italiano Paolo Valeri.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.