Carlos Queiroz orientou a última sessão de trabalhos da selecção nacional antes do confronto com o Bósnia Herzegovina a contar para o playoff de apuramento para o Mundial 2010. Nos quinze minutos abertos à comunicação social, o grupo realizou exercícios de aquecimento e algum trabalho com bola.

Os guarda-redes, Eduardo, Hilário e Rui Patrício, receberam indicações específicas do técnico português. No final dos quinze minutos abertos à comunicação social, os jogadores dirigiram-se para o campo principal para consolidar a estratégia para o jogo de amanhã.

O jogo vai realizar-se no Estádio da Luz com lotação esgotada. O vice-presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Amândio de Carvalho, mostrou-se satisfeito com a previsão de 62 mil adeptos e apela a um apoio constante dos adeptos, “O estádio só cheio não chega. O que é preciso é que desde o primeiro ao último minuto os adeptos apoiem a equipa.”

Em relação ao apuramento para o Mundial 2010, Amândio de Carvalho acredita na qualificação e diz que “os jogadores vão fazer o possível e o impossível para estar na África do Sul”.

Carlos Queiroz e dois jogadores vão falar hoje em conferência de imprensa para fazer a antevisão do jogo decisivo frente à Bósnia Herzegovina. Acompanhe aqui em directo a conferência de imprensa marcada para as 14h15.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.