“A questão de ver com bons ou maus olhos não é uma questão que se possa colocar. A questão que se coloca é se legalmente é ou não possível. Naturalmente, que se for possível, não vejo com maus olhos essa situação.

Tudo isto tem de estar perfeitamente enquadrado legalmente”, disse Sousa Marques em declarações à agência Lusa.

O presidente da Associação de Futebol de Braga, Carlos Coutada, defendeu hoje a realização de uma assembleia-geral da FPF para a alteração dos estatutos, de forma a que fiquem conforme o Novo Regime Jurídico das Federações Desportivas, reunião que deveria ser realizada antes do ato eleitoral da federação, agendado para 5 de Fevereiro.

Em causa, está a inadequação dos estatutos da Federação Portuguesa de Futebol ao Regime Jurídico das Federações Desportivas, um diploma que as associações distritais sempre contestaram e que acusam de estar ferido de inconstitucionalidades.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.