Segundo avançou a TVI, após a conclusão do actual processo disciplinar a Carlos Queiroz, será instaurado um outro, desta feita, baseado numa queixa de Amândio de Carvalho.

O dirigente federativo sentiu que o seu bom nome foi posto em causa após as declarações de Carlos Queiroz em entrevista ao Expresso.

Em declarações ao jornal, o seleccionador nacional apelidou Amândio de Carvalho de ser “a cabeça de um polvo” que o quer expulsar da FPF.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.