Carlos Queiroz manifestou a sua esperança em que os jogadores portugueses estejam em competição até ao Mundial 2010. "A base de preparação é os jogadores terem uma rotina, um campeonato nas pernas para que se possa chegar longe no Mundial, para além de todos os outros ingredientes. Por isso espero que alguns dos nossos jogadores possam fazer uma reflexão do que é estar na Selecção e de qual o contributo que podem dar se jogarem mais pelos seus clubes", disse o seleccionador.

Confrontado com o percurso que a selecção pode ter no Mundial, Queiroz mostrou-se optimista: "Queremos ir o mais à frente possível e sempre conscientes das nossas capacidades, porque acho que temos qualidade suficiente para estarmos optimistas. Queremos estar naqueles que são os lugares de honra do Mundial, que é passar a primeira fase e qualificarmo-nos para aquilo que se chama a fase final da competição."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.