O seleccionador nacional de futebol, Carlos Queiroz, disse à Agência Lusa que a notícia avançada hoje pela TVI, segundo a qual o Conselho de Disciplina (CD) da FPF decidiu suspendê-lo por um mês, “deve ser um rumor”.

“Não quero parecer ingénuo, mas se a reunião do CD é só amanhã, como é que o castigo já é conhecido hoje? Que eu saiba, os tribunais não tomam decisões antes de reunirem para decidir, não é assim que as coisas funcionam”, disse Carlos Queiroz, surpreendido com a notícia de que o CD da FPF lhe teria aplicado uma suspensão de um mês.

Questionado se seria apanhado de surpresa caso se viesse a confirmar esta quinta-feira a suspensão por um mês, o seleccionador preferiu não responder: “Não vou fazer comentários sobre essa matéria. Remeto para o meu advogado, Rui Patrício, qualquer posição pública sobre todo este processo em que me envolveram”.

No entanto, Carlos Queiroz voltou ao assunto: “Pelo que li na imprensa, o CD reúne de manhã antes de elaborar o acórdão, o qual ficará fechado e será, posteriormente, enviado à Direcção da FPF para ser analisado. Como é que a decisão já foi tomada na véspera?”, questiona o seleccionador, reiterando que se deve tratar de uma “notícia sem fundamento”.

Quanto à dupla jornada que marca o arranque da selecção nacional na fase de qualificação do Euro 2012, frente a Chipre, em Guimarães, no dia 3 de Setembro, e à Noruega, quatro dias depois, em Oslo, Carlos Queiroz revelou à Agência Lusa que irá divulgar a lista de convocados no dia 27 ou 28 de Agosto.

“A pré-convocatória foi enviada aos clubes terça-feira, mas só no dia 27 ou 28 de Agosto é que tornarei pública a lista de convocados”, rematou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.