O selecionador português de futebol de sub-21 mostrou-se hoje confiante no apuramento para a fase final do Campeonato Europeu da categoria de 2013, a disputar em Israel, e recusa «contas no pensamento» ao entrar em campo.

«Vamos ter mais três jogos decisivos atendendo à classificação e ao número de pontos que temos. Vamos encarar esses jogos como o fizemos em todos os outros que disputámos até agora, ou seja, com o pensamento na vitória. Nunca fizemos contas, nem entraremos em campo com contas no pensamento», afirmou Rui Jorge, citado pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF), após três dias de estágio, em Rio Maior.

Portugal encontra-se na segunda posição do Grupo 6 de qualificação, liderado pela Rússia, com mais quatro pontos que a equipa das “quinas” e menos um encontro disputado. O conjunto luso tem mais um ponto que a Polónia, enquanto Albânia e Moldávia ocupam as duas últimas posições, a três e a quatro pontos dos polacos, respetivamente.

«Não foram trabalhados aspetos muito concretos na estratégia da equipa a pensar no jogo com a Rússia, porque, apesar de poder ser este o grupo que vai estar presente nos jogos com a Rússia e a Albânia, não terá necessariamente de o ser. Como tal, não sendo um grupo definitivo, não trabalhámos a estratégia. Trabalhámos mais as bolas paradas, o entrosamento entre os nossos jogadores», avançou o técnico, sublinhando ser «muito importante» o «tempo de trabalho, nem que sejam apenas três dias».

Portugal vai receber a Rússia, a 01 de junho, em Barcelos, e a Albânia, a 06 de junho, na Marinha Grande, ficando a faltar a visita à Polónia, agendada para 10 de setembro. Para o torneio Israel2013 apuram-se os primeiros classificados de cada um dos 10 agrupamentos e os quatro melhores segundos posicionados.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.