Fernando Seara assumiu diversas vezes que ia candidatar-se à presidência da FPF mas terá recuado «porque não queria trair um amigo».

De acordo com o Correio da Manhã, a candidatura de Seara não avançou porque o presidente do SL Benfica, Luís Filipe Vieira, terá vetado o ex-árbitro Paulo Costa na lista de Seara, e exigido a saída de Duque do Sporting para que este pudesse assumir a vice-presidência da FPF.

O jorna revela ainda que Luís Filipe Vieira teria dado o aval para o nome de Luís Duque, atual administrador do Sporting, com condições, mas que teria mesmo rejeitado Paulo Costa pela sua «conotação à Associação de Futebol do Porto».

Na passada segunda-feira à noite, Fernando Seara disse na TVI que não tinha avançado para não trair um amigo. De acordo com fontes do Correio da Manhã, o amigo que Seara não queria trair seria Luís Duque.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.