A segunda edição da Gala das Quinas de Ouro, evento que premeia os “portugueses com melhor desempenho no futebol, futsal e futebol de praia”, será organizada em conjunto pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e mais dois organismos.

Depois de ter organizado sozinha a primeira edição, que decorreu em 2015, a FPF vai ter a ajuda da Associação Nacional de Treinadores (ANTF) e do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF), na cerimónia que está agendada para março deste ano.

“A dimensão e o simbolismo da II Gala das Quinas de Ouro, que se irá realizar após um ano de ouro para o futebol português, exigia o envolvimento de toda a família do futebol nas decisões finais”, lê-se numa nota publicada no site oficial da FPF.

Nesse sentido, foi criado o Conselho das Quinas de Ouro, que é composto por elementos dos três organismos e terá a responsabilidade de indicar os nomeados para cada categoria.

Luís Figo, Pedro Pauleta e Ivan Dias são os elementos da FPF, enquanto Vítor Baia, António Simões e Carla Couto representam o SJPF e António Oliveira, Bernardino Pedroto e José Carlos Castanheira foram os escolhidos da ANTF.

A votação dos vencedores terá a participação de treinadores, jogadores e público.

Na cerimónia, serão ainda premiados os árbitros mais bem classificados na época 2015/16 e revelados o onze do ano de futebol masculino e o onze do ano de futebol feminino, eleição exclusiva do SJPF.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.