A UEFA colocou o médio ofensivo benfiquista Bernardo Silva entre os «dez talentos a observar» após o Europeu de futebol de sub-19, que terminou quinta-feira com a vitória da Sérvia.

O organismo europeu tece na sua página oficial na internet muitos elogios ao internacional português, destacando a «velocidade, visão e sentido de baliza» exibidos durante a prova, que decorreu na Lituânia.

«Este talento do Benfica ofereceu à equipa de Emílio Peixe [selecionador] poder ofensivo a partir do centro do terreno e pela esquerda. A sua velocidade, visão e sentido de baliza ficaram resumidos no empate de Portugal frente à Sérvia [2-2], nas meias-finais», escreve a UEFA.

No jogo com os sérvios, Bernardo Silva marcou o primeiro golo de Portugal, que começou a perder por 1-0 e deu a volta ao marcador, permitindo o empate a cinco minutos do final.

Com a igualdade 2-2 a persistir no prolongamento, os sérvios acabaram por ser mais felizes no desempate por grandes penalidades, que terminaram a favor da seleção balcânica por 3-2.

Aleksandar Mitrovic e Pedrag Rajkovic (da Sérvia), Yassine Benzia e Adrien Rabiot (ambos da finalista França), Gratas Sirgedas (Lituânia), Avto Endeladze (Geórgia), José Rodriguez (Espanha), Recep Niyaz (Turquia) e Lucas Woudenberg (Holanda) foram os outros jogadores destacados pela UEFA.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.