João Vieira Pinto, diretor da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), destacou hoje «a importância do futebol de rua para criar grandes jogadores», no lançamento da Final Nacional de futebol de rua, que se realiza em Aveiro.

Em declarações à agência Lusa, João Vieira Pinto, embaixador do projeto, sublinhou: «Uma das nossas apostas é apoiar o futebol de rua, pois achamos que é também aí que se começam a criar grandes jogadores».

O diretor da FPF sublinhou que esse apoio «financeiro e logístico» é decisivo, «não só para os atletas, mas para aumentar a probabilidade de aparecerem mais jogadores no futebol português».

Além da relação institucional com o projeto, João Vieira Pinto destacou: «Para mim é muito importante ser o padrinho deste torneio, não só pela sua componente social e tudo o que ela representa, mas pelo facto de me rever no futebol de rua».

O antigo internacional lembrou o início da carreira de futebolista e frisou que começou «a jogar na rua e nos bairros sociais» e que apadrinhar esta iniciativa «tem um significado especial».

O torneio da Final Nacional de futebol de rua, promovido pela Associação Cais, conta com o apoio do programa "Football for Hope" da FIFA e do Instituto Português de Desporto e Juventude.

A competição que abrange 20 equipas, todas elas portuguesas, à excepção da "Homeless Football Association" de Inglaterra, disputa-se em Aveiro este fim de semana e procura promover a prática desportiva como estratégia para a inclusão social.

Entre os participantes vão ser escolhidos oito jogadores para representar Portugal no Torneio Mundial de futebol de rua, "Homeless World Cup Foundation", a realizar-se em Poznan, na Polónia, de 9 a 19 de agosto.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto