O presidente do AC Milan considerou hoje que a equipa foi vítima de um “sério prejuízo desportivo”, devido ao atraso do avião que deveria levar os milaneses para Doha, para a final da Supertaça de Itália de futebol.

Um problema técnico reteve em Londres o avião, que deveria ter voado hoje para Doha, o que deixou os ‘rossoneri’ em terra, em Milão.

“Fomos vítimas de um sério prejuízo desportivo. A Juventus [adversária na final] já está a relaxar ao sol e amanhã [quarta-feira] treinará com temperaturas 20º graus superiores às de Milanello [o campo de treinos do AC Milan]”, frisou Adriano Galliani.

O presidente da equipa sublinhou que os milaneses só aterrarão em Doha na quarta-feira à noite, pelo que terão apenas um dia para se prepararem para a final.

O AC Milan, que perdeu com a Juventus na final da Taça de Itália da época passada, vai enfrentar os campeões de Itália na sexta-feira, na capital do Qatar.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.