Derrotado pela Juventus na Supertaça Italiana e fragilizado pela provável venda de Gonzalo Higuaín ao Chelsea, o AC Milan reagiu bem ao derrotar, esta segunda-feira, o Génova por 2-0, em encontro da 20ª jornada do campeonato italiano, recuperando a 4ª posição na tabela.

Este quarto lugar, sinónimo de vaga na próxima Liga dos Campeões, é objeto de disputa cerrada. Antes da 20ª jornada, esta posição pertencia à Lazio, de seguida ficou nas mãos da Roma e agora ficou com o AC Milan (34 pontos).

Do AC Milan à Sampdoria, 8ª classificada, cinco equipas estão separadas por quatro pontos e seguem a sonhar com a qualificação para a Liga dos Campeões.

Privado de diversos jogadores importantes (Romagnoli e Kessié suspensos, Bonaventura lesionado, Higuaín perto de ser vendido), o AC Milan teve um início de partida abaixo das expectativas e foi salvo diversas vezes pelo guarda-redes Gianluigi Donnarumma.

Após o intervalo, os milaneses encontraram o seu melhor futebol e, na parte final da partida, garantiram a vitória com golos de Fabio Borini (72 min) e do espanhol Suso (83).

Ainda nesta segunda-feira, a 20ª jornsda será encerrada com o duelo entre a Juventus, líder isolada do Serie A, e o Chievo, lanterna-vermelha da competição. Em caso de vitória, Cristiano Ronaldo e companhia voltarão a ter 9 pontos de vantagem sobre o segundo colocado, o Nápoles.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.