Ao contrário do noticiado esta manhã, Fredy Guarín não terá faltado ao treino do Inter de Milão, como forma de greve. Segundo anuncia a Sky Sport Italia, o médio colombiano recebeu uma licença para se ausentar dos trabalhos da equipa nos próximos dois dias.

O empresário do jogador vai reunir-se ao final da tarde desta quarta-feira com os responsáveis do Inter para discutir o futuro do atleta, que pode passar pela Juventus, Nápoles ou Inglaterra, onde Tottenham e Chelsea também já mostraram interesse no médio.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.