A confirmação foi dada pelo próprio, num jantar com amigos. Massimiliano Allegri vai sair da Juventus para treinar o Arsenal na próxima temporada.

Segundo avança o portal italiano “Calciomercato”, Allegri revelou a notícia a amigos, num jantar realizado na sua terra natal, em Livorno, queixando-se também da forma como está a ser tratado na Juventus. O técnico italiano referiu que o clube não agiu da melhor maneira o problema que teve no treino com Leonardo Bonucci – o defesa central acabou por ser uma carta fora do baralho no jogo da primeira-mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, frente ao FC Porto.

Para além do desgaste e da relação menos boa que tem com alguns dos elementos do clube, Allegri tem uma proposta do Arsenal, para substituir Arsène Wenger, e para tentar ganhar o título ingles, que foge há 13 anos.

No entanto, ainda é preciso existir acordo para rescisão de contrato do treinador, visto que Massimiliano Allegri tem contrato até junho de 2018.

De acordo com a mesma publicação, Luciano Spaletti (Roma) será o nome mais consensual para ocupar o cargo de técnico no pentacampeão italiano.

Recorde-se de que a Juventus segue na primeira posição da Serie A, com sete pontos de vantagem sobre a Roma. Na Liga dos Campeões, vai defrontar os 'dragões' na segunda-mão dos oitavos de final da prova milionária, a 14 de março, em Turim. Já o Arsenal está na quarta posição da Premier League, a 13 pontos do primeiro lugar e tem a qualificação para a próxima fase da Liga dos Campeões, depois de ter perdido por 5-1 frente ao Bayern de Munique. A segunda-mão disputa-se a 7 de março.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.